Browsing Tag

trabalho

Australia, Vida

A Educação Profissional Australiana

21 February, 2015

Algumas coisas me deixam realmente impressionado na Australia, sua beleza, praias, garotas, limpeza da cidade entre outra muitas mais, mas o que realmente me faz pensar duas vezes antes de voltar para o Brasil ou trabalhar com brasileiros é exatamente a educação e cultura do meu próprio povo.

Sim, nós temos uma coisa que nos diferencia dos demais, e se chama falta de educação e pensamento narcisista, muitas vezes já fiz trabalhos muito bons que não são sempre reconhecidos e claro, os ruins são os que as pessoas fazem mais questão de exaltar, já tive que ouvir coisas do tipo “Olha ai, a merda que você fez”. Não posso realmente generalizar o comportamento dos Brasileiros aqui, visto que a maioria que encontrei me ajudaram bastante e me abriram muitas portas, esse texto é um geralzão mesmo sobre a nossa cultura e jeito de ser, não se desespere, você vai encontrar brasileiros aqui que vão te ajudar de uma forma que você nunca pensou que fossem.

Ok, você vai me dizer “Mas Deoti, isso acontece com todo mundo cara, para de mimimi” eu vou te dizer que não, não acontece com todo mundo, e se acontece tem algo muito errado por ai! As pessoas cometem erros sim, óbvio mas da mesma forma que os erros devem ser corrigidos os acertos devem ser exaltados, digo isso porque trabalhei com Brasileiros, Australianos, Italianos e muitas outras nacionalidades e consegui traçar um perfil bem diferente de cada um deles.

Claro que não vou generalizar, existem pessoas boas e ruins em qualquer cultura, país, raça, cor e etc, mas sim podemos ver muitas semelhanças entre os povos. Vamos lá, trabalhando com Brasileiros eu percebi isso que citei acima, erros são na maioria das vezes exaltados de forma exagerada e acertos tem uma porcentagem muito menor de reconhecimento, com Italianos, me parece que tudo é a base do grito, e um pouco de falta de educação também, será que isso é cultural? Mas também tem o lado bom de ser um povo feliz e que te ajuda e te ensina a fazer as coisas sem o menor problema.

Agora vem a grande pergunta, e os Australianos? Ahhh meu amigo (a), esse eu vou te contar, nunca tive um problema sequer com eles, de novo, não da para generalizar, mas em sua grande maioria são pessoas que te ajudam, te ensinam e reconhecem seus acertos. Long history short, trabalho com um Australiano que tem me ensinado muitas coisas, como fazer café, drinks entre outros no bar, você pode ver a foto do meu primeiro Cappuccino no Instagram também clicando aqui, claro que como estou aprendendo meus cafés não tem saído aquela delícia, mas estão começando a evoluir…esses dias eu coloquei o café na máquina de forma errada e o pó vazou todo, fez uma senhora bagunça, e eu com aquela cara de “ué” pedindo desculpas loucamente e pensando que iria perder meu trabalho, meu colega virou e disse “Don’t worry too much, it’s just coffee mate” (Não se preocupe tanto, é só café cara).

Este e outros exemplos acontecem com frequência, o australiano é um povo muito relaxado e tranquilo com coisas simples da vida, e isso reflete no trabalho e na tranquilidade que eles passam para as pessoas, após esse episódio ele me ensinou como colocar o café direito na máquina e nunca mais tive problemas com isso, e claro, sem esquecer, você sempre ouvirá deles espontaneamente um “You’re doing great mate, good job!” (Você está indo bem cara, bom trabalho!) como forma de incentivo, quão legal é isso? Lembro de poucas vezes que ouvi isso no escritório trabalhando com Brasileiros em todo esse tempo de trabalho que tenho desde meus 17 anos…

Minha questão é: É tão difícil sermos um povo mais amigável não só com samba, carnaval e futebol mas sim com as pessoas que nos cercam? Olhar um pouco mais para os acertos das pessoas e colegas ao invés de exaltar o erro e a humilhação? Vim para a Australia querendo aprender outra cultura, e é exatamente o que tem acontecido e o que eu quero levar para o Brasil para tornar o meu país melhor as pessoas que me cercam, acredito que essa seja a maior herança que levamos da Australia.

E você? Tem alguma experiência parecida para contar? Como é seu dia-a-dia de trabalho no Brasil ou aqui na Australia? Conta ai nos comentarios.

Obrigado por acompanhar, tamo together!! =D

Australia, Brisbane

Os empregos para estudantes na Australia

12 February, 2015

Esse post foi uma sugestão do Léo Falcão, leitor do blog e que acompaha o canal também, obrigado pela dica, espero que ajude você e outros que pensam em vir para a Kangaroo Land!

Vamos lá, vamos falar do que interessa, bufunfa, la plata, o faz me rir, é bom né!? Em dólar melhor ainda! Afinal você precisa pagar suas contas aqui nesta parte do mundo também, comer, se vestir, viajar e claro tomar aquela breja, que diga-se de passagem está bem cara por aqui…

Mas como ganhar o suado dinheirinho aqui? Vou separar este post em tópicos para facilitar a leitura ok? Vamos lá!

Tipos de emprego mais comuns para estudantes na Australia:

Dishwasher:

Nada mais que lavador e pratos! Sim, seja em restaurantes, estadios, casa de família e afins, todo estabelecimento alimentício precisa de um, e este é você meu caro! O estudante feliz que vai lavar pilhas de louça para que o restaurant continue funcionando…

Média salarial: $15 – $20 hora (Dependendo do lugar pagam até mais!)
Carga Horária: entre 15 e 20 horas (Podendo variar de lugar para lugar)
Ponto Positivo: Geralmente a carga horaria é grande, então o dinheiro também
Ponto Negativo: Você não fala muito inglês, e lavar louça é um saco!

washing

Waiter/Waitress:

Garçon/Garçonete, apesar de no Brasil não ser uma profissão muito valorizada, aqui eles gostam e pagam relativamente bem! O serviço é o que vocês já conhecem, servir mesas, anotar pedidos, levar bebidas/comidas e claro limpar as mesas, em muitos restaurantes os garçons também ajudam na cozinha, lavando louças ou organizando com os chefs, depende do lugar.

Média salarial: $18 – $35 hora
Carga Horária: entre 15 e 20 horas (Podendo variar de lugar para lugar)
Ponto Positivo: Fala-se muito inglês, uma boa para treinar!
Ponto Negativo: É sempre uma correria, você vai conhecer pessoas mal educadas, mas no final da noite o salario compensa

$_86

Food Runner:

O food runner é um tipo de garçon, que só leva comida, você não anota pedidos nem conversa muito com os clientes, é um trabalho mais simples em teoria mas bem dinâmico, correr da mesa para a cozinha e vice-versa por horas no Restaurante.
Média salarial: $18 – $25 hora
Carga Horária: entre 15 e 20 horas (Podendo variar de lugar para lugar)
Ponto Positivo: Fala-se muito inglês, uma boa para treinar!
Ponto Negativo: Bastante cansativo

628x471

Bartender / Bar Staff

Um dos melhores empregos, na minha humilde opinião, ficar atrás do bar, atendendo clientes, dando risada, preparando drinks e servindo cerveja, emprego dos sonhos! Claro que como diz o Tio Ben “Com grandes poderes vem grandes responsabilidades” então esteja preparado para não vender bebida a menores, bêbados e brigões, quem toma a multa é você também e não é barato!! Além de ter todo o trabalho de reposição de estoque e etc. Pessoalmente prefiro bar staff do que qualquer outro job.

Média salarial: $18 – $30 hora
Carga Horária: entre 15 e 20 horas (Podendo variar de lugar para lugar)
Ponto Positivo: Fala-se muito inglês, trabalho divertido e empolgante
Ponto Negativo: Tem seus pontos ruins como reposição de estoque e aguentar gente bêbada chata as vezes.

download

Cleaner:

O famoso tio da faxina agora vai ser você! Lembra aquele papel que você jogou no chão? A privada que você chapiscou? Pois é, quem limpa agora é você! E ganha muito bem para isso. Nunca trabalhei como cleaner, mas tenho amigos que chegam a gostar do trabalho como um todo, é um dos mais estáveis, tem sua carga horaria definida, e não é um trabalho casual, você é realmente contratado, a maioria é de segunda a sexta, com folgas em feriados remunerada, férias, 13 e etc…uma boa pedida para quem gosta de uma tranquilidade e não liga de limpar algumas privadas chapiscadas ou vômitos no banheiro.

Média salarial: Entre $400 e $600 por semana
Carga Horária: entre 15 e 20 horas (Podendo variar de lugar para lugar)
Ponto Positivo: Emprego estável, confiável e seguro.
Ponto Negativo: Preciso dizer que lavar privada é uma merda?

Bright_Hiring_Standards

 

House Keeping:

Esse eu acho interessante, é a famosa camareira de hotel, apesar de ter um colega que trabalho com isso (Abraços Fabião), desconfio que ele queime a rosca…voltando ao trabalho, é limpar quartos de hotel, como um cleaner, mas só em hotéis e acredito que casas também.

Média salarial: $400 e $600 por semana
Carga Horária: entre 15 e 20 horas (Podendo variar de lugar para lugar)
Ponto Positivo: Emprego também estável
Ponto Negativo: Imagine um quarto onde teve uma orgia no dia seguinte, preciso continuar?

can-uniforms-help-your-hotel-attract-younger-clientele-_16001012_800833657_0_0_14068508_500
A carga horaria para estudantes:

A carga horaria para estudantes é de no máximo 20 horas por semana, ou 40 a cada duas semanas, podendo-se fazer 40 horas em uma semana e 0 na outra, isso é LEI e se você for registrado para o trabalho o governo sabe quantas horas você trabalha, dizem as más línguas que existe uma carência de até 5 horas a mais, ou seja 25 horas semanais, mas não tenho certeza…

Existe também uma multa para o estudante que desrespeitar esta regra e também para o empregador, juro que procurei mas não achei o valor desta muta, se alguém descobrir me avise por favor!

É possível ter mais de um emprego, contanto que os dois tenham uma harmonia entre as 20 horas totais, você pode trabalhar 10 em cada, 8 em um e 12 no outro e por ai vai…basta manter a ordem para não se prejudicar.

Claro que muita gente excede este limite, correndo os riscos, até hoje não vi ninguém tomando esta tal multa, mas vamos nos atear as regras não é?

Farei outro post falando sobre empregos, como tirar o TFN (Tax File Number) uma espécie de numeração da carteira de trabalho, necessário para qualquer emprego, o ABN (Australian Business Number) o famoso CNPJ para prestador de serviços, o RSA (Responsible Service of Alcohol) necessário para trabalhar em restaurantes e muito mais, fiquem ligados no blog.

Espero que este post tenha clareado a mente jovem de vocês queridos amigos viajantes intercambistas que sonham em vir ou já estão aqui!

Obrigado por acompanhar, não deixe de compartilhar!