Australia

A verdade sobre os trabalhos na Australia

18 January, 2016

Todos os dias somos surpreendidos com coisas novas nos grupos do Facebook das várias cidades onde nós, brasileiros, residimos e tentamos ganhar a vida (procurem por Brasileiros em Brisbane, Sydney, Melbourne, Perth e etc…)

Hoje foi a vez do Brasileiros em Sydney arrasar com o post da Aline Dalmau que resolveu postar uma foto do seu dia-a-dia trabalhando limpando uma cozinha no final do expediente e pedindo para que as pessoas postassem fotos de como são seus trabalhos por aqui.

A idéia foi tão genial que movimentou mais de 1.000 likes no post e vários comentários com as fotos mais divertidas mostrando que por aqui não vivemos apenas de viagens, comidas boas e passeios com cangurus. Ok, tem isso também, mas é tudo fruto de todo o trabalho duro, entre uma privada e outra, uma louça e outra, uma mudança e outra, uma obra e outra, que vocês podem conferir abaixo:

IMG_6545IMG_6546-1IMG_6547IMG_6549-1IMG_6550-1IMG_654820160118_193115

Mas no final, o melhor é saber que teremos um bom dinheiro para comprar muitas das coisas que talvez não teríamos no Brasil, viver uma experiência diferente e incrível. Sempre com um sorriso na cara e a atitude que me orgulha de ser brasileiro, nunca deixar a peteca cair e ser guerreiro em qualquer lugar!

Parabéns pessoal, nós somos as pessoas que fazemos isso tudo funcionar. Cada um de vocês merece uma medalha pelo esforço!

Espero que tenham gostado do post, um abraço do Deoti – que inclusive também trabalha pesado enquanto o Youtube não me deixa rico.

 

 

Australia, Vida

6 Sinais de que seu intercâmbio acabou (Mesmo estando na Austrália)

14 January, 2016

Sabemos (ou não) que quando vamos estudar ou migrar para outro país nossa vida sera diferente, legal, excitante. Mas claro que depois de um, dois, três anos morando fora ela muda completamente e aquela pessoa que você era quando chegou, cheia de medos e incertezas, acaba se tornando alguém que já conhece tudo como a palma de sua mão.

As novidades acabam e o que resta são os poucos soldados que ainda lutam nesta maravilhosa terra para ter uma vida que provavelmente nunca teriam no Brasil.

Você se identifica?

1 – A maioria dos seus amigos do começo da viagem já foram embora, despedidas já nem te abalam mais e você acaba se tornando mais seletivo. (Quanto tempo de visto esse novo amigo tem?)

 

bye

2 – Você se vê pagando contas normalmente como qualquer adulto no brasil, mas em dólar (e carregando caixas, lavando pratos, servindo mesas ou lavando louças)

adult3 – Você não tem mais saco para ir em festas brasileiras, nem tem mais tantos amigos, afinal você já acabou o curso de ingles e não vai mais a aula todos os dias. Pensar em fazer um assessment é o mesmo que querer deitar na BR.

scott-pilgrim-bored-party4 – Seu gosto por bebidas e comidas mudou, não aguenta mais tomar Shit Wine muito menos comer no Hungry Jacks. (Seu applicativo inclusive já foi deletado há algum tempo)

bad-tasting-food-full-house5 – Você não aguenta mais pegar ônibus e trens, que apesar de serem muito bons aqui, custam caro, e aquela viagem até Gold Coast de duas horas já não é mais tão divertida como era quando você chegou.

kill me6- Você não está mais aprendendo ingles, sua rotina virou algo comum como seria em qualquer lugar do mundo, e falar ingles virou tão comum quanto português.

56cf332764811aa1a64c16e9cab1b375

Bônus:

7 – Mesmo apesar de todas as dificuldades, você não trocaria esta vida louca, sofrida, maravilhosa, dolorosa e muito suada por nada nesse mundo, afinal adoramos tudo isso.

tumblr_lhesx4f0rZ1qakh43o1_400

Brisbane

Entendendo Transferências Internacionais

7 September, 2015

Como estudante internacional uma das coisas que você vai ter que fazer é transferir dinheiro do seu país de origem para o país em que está estudando.

Se você é como eu, vai tentar conseguir emprego assim que chegar e usar esse dinheiro para viver. No entanto, você/seus pais ainda necessitarão transferir grandes quantias de dinheiro para pagar coisas como sua taxa de matrícula – especialmente se você estiver indo para uma universidade no exterior por vários anos.

Ou seja, entender a transferência internacional é muito importante. Há muitas opções lá fora e é tudo muito confuso. Sabendo como funciona – e os truques escondidos – você pode poupar muito dinheiro. E é disso que quero falar: economizar o seu dinheiro

Nesse post eu vou falar sobre:

  • Como funcionam os pagamentos internacionais
  • Os truques escondidos que você deve ficar atento
  • Diferentes empresas que você pode usar para transferir dinheiro

 Como funcionam os pagamentos internacionais

Quando você faz um pagamento internacional diz a um banco ou serviço de câmbio para pegar seu dinheiro, convertê-lo em outra moeda e colocá-lo em uma conta em outro país.

Soa simples e parece que tudo é feito digitalmente. No entanto, há muito por trás das câmeras para que as empresas financeiras responsáveis por receber o dinheiro entre o ponto A e o ponto B realizem esse processo. Você não precisa saber quem são, mas sabendo sobre o processo vai te ajudar a entender como gerar mais valor para sua transferência.

Os truques escondidos que você deve ficar atento

  1. Taxa de Câmbio. Cada moeda local converte-se em um certo montante para outra moeda de diferente país. Mas esta não é a taxa que você paga. Você sempre vai pagar uma taxa pior, em que é adicionada uma “margem”. Geralmente essa é a forma de gerar lucro para o banco ou empresa que realiza a transferência. É uma prática padrão, mas alguns bancos ou companhias adicionam margens muito maiores. Por isso certifique-se de comparar as taxas de câmbio! No meu caso, como brasileiro, estou transferindo Reais para Dólares Australianos, quanto menor é a taxa de câmbio BRL – AUD, melhor para mim. Ou seja, eu recebo mais Dólares Australianos.
  2. Taxas: Infelizmente, não é somente obter a melhor taxa de câmbio. Você também precisa levar em consideração as taxas que serão cobradas para fazer a transferência. Algumas vezes ela está vinculada à quantia transferida. Às vezes, é mais barato fazer uma transferência com uma taxa de câmbio pior, mas nenhuma taxa de transferência, que com uma boa taxa de câmbio, mas taxas adicionais. Tenha certeza de comparar todos os elementos da oferta e fazer seus próprios cálculos.
  3. Taxas e encargos escondidos. Este é a hora em que as transferências internacionais começam a ficar realmente complicadas. Porque há tanto por trás das cenas envolvendo o processo de transferência feito pelos bancos, que alguma vezes são cobradas taxas que saem da própria quantia que você transferiu. Nem sempre essas taxas são divulgadas e no final você pode acabar com menos dinheiro do que o esperado na sua conta no exterior. Ou seja, se você está transferindo dinheiro para pagar despesas educacionais, você pode acabar não pagando a fatura integralmente. Sempre pergunte ao seu banco, ou companhia que irá transferir seus pagamentos, se você será cobrado por alguma taxa oculta ou utilize o serviço de uma empresa que te garanta não cobrar taxas ou custos escondidos.

Empresas que você pode utilizar para transferências internacionais de dinheiro

 Quando se trata de pagar custos educacionais existem 3 opções que todo mundo geralmente usa:

  1. Bancos
  2. Plataforma de Pagamento da sua Instituição Educacional
  3. Serviços de Pagamento

Bancos: As pessoas o utilizam, pois geralmente são grandes marcas. No entanto, eles costumam tirar proveito disso cobrando altas taxas de câmbio e de transferência.

Plataforma de Pagamento da sua Instituição Educacional: Geralmente, as instituições de ensino informam que você pode pagar através do seu próprio portal (normalmente construído por uma grande empresa). Muita gente paga dessa forma, pois acha é obrigatório. Mas não! Você pode transferir seu dinheiro da maneira que quiser.

Serviços de Pagamento: são, basicamente, uma alternativa aos bancos em que você deposita o dinheiro e eles cuidam da transferência. Existem várias marcas por aí com bons padrões para transferências internacionais. No entanto, provavelmente, a melhor que eu já vi, especialmente para estudantes internacionais, é o Cohortpay.com.

Eu gosto do Cohortpay porque ele é projetado especificamente para estudantes. Eles garantem que não há taxas de transferências futuras ou ocultas, além das taxas de câmbio serem uma das melhores disponíveis. É super fácil carregar no site as faturas que você vai pagar e você acompanha e registra todos os seus pagamentos. O que te dá ainda mais segurança.

Concluindo, lembre-se sempre de comparar todos os elementos das suas opções para transferências internacionais e veja se o seu agente está fazendo o pagamento para você e te garantindo um bom negócio.