Brisbane

Entendendo Transferências Internacionais

7 September, 2015

Como estudante internacional uma das coisas que você vai ter que fazer é transferir dinheiro do seu país de origem para o país em que está estudando.

Se você é como eu, vai tentar conseguir emprego assim que chegar e usar esse dinheiro para viver. No entanto, você/seus pais ainda necessitarão transferir grandes quantias de dinheiro para pagar coisas como sua taxa de matrícula – especialmente se você estiver indo para uma universidade no exterior por vários anos.

Ou seja, entender a transferência internacional é muito importante. Há muitas opções lá fora e é tudo muito confuso. Sabendo como funciona – e os truques escondidos – você pode poupar muito dinheiro. E é disso que quero falar: economizar o seu dinheiro

Nesse post eu vou falar sobre:

  • Como funcionam os pagamentos internacionais
  • Os truques escondidos que você deve ficar atento
  • Diferentes empresas que você pode usar para transferir dinheiro

 Como funcionam os pagamentos internacionais

Quando você faz um pagamento internacional diz a um banco ou serviço de câmbio para pegar seu dinheiro, convertê-lo em outra moeda e colocá-lo em uma conta em outro país.

Soa simples e parece que tudo é feito digitalmente. No entanto, há muito por trás das câmeras para que as empresas financeiras responsáveis por receber o dinheiro entre o ponto A e o ponto B realizem esse processo. Você não precisa saber quem são, mas sabendo sobre o processo vai te ajudar a entender como gerar mais valor para sua transferência.

Os truques escondidos que você deve ficar atento

  1. Taxa de Câmbio. Cada moeda local converte-se em um certo montante para outra moeda de diferente país. Mas esta não é a taxa que você paga. Você sempre vai pagar uma taxa pior, em que é adicionada uma “margem”. Geralmente essa é a forma de gerar lucro para o banco ou empresa que realiza a transferência. É uma prática padrão, mas alguns bancos ou companhias adicionam margens muito maiores. Por isso certifique-se de comparar as taxas de câmbio! No meu caso, como brasileiro, estou transferindo Reais para Dólares Australianos, quanto menor é a taxa de câmbio BRL – AUD, melhor para mim. Ou seja, eu recebo mais Dólares Australianos.
  2. Taxas: Infelizmente, não é somente obter a melhor taxa de câmbio. Você também precisa levar em consideração as taxas que serão cobradas para fazer a transferência. Algumas vezes ela está vinculada à quantia transferida. Às vezes, é mais barato fazer uma transferência com uma taxa de câmbio pior, mas nenhuma taxa de transferência, que com uma boa taxa de câmbio, mas taxas adicionais. Tenha certeza de comparar todos os elementos da oferta e fazer seus próprios cálculos.
  3. Taxas e encargos escondidos. Este é a hora em que as transferências internacionais começam a ficar realmente complicadas. Porque há tanto por trás das cenas envolvendo o processo de transferência feito pelos bancos, que alguma vezes são cobradas taxas que saem da própria quantia que você transferiu. Nem sempre essas taxas são divulgadas e no final você pode acabar com menos dinheiro do que o esperado na sua conta no exterior. Ou seja, se você está transferindo dinheiro para pagar despesas educacionais, você pode acabar não pagando a fatura integralmente. Sempre pergunte ao seu banco, ou companhia que irá transferir seus pagamentos, se você será cobrado por alguma taxa oculta ou utilize o serviço de uma empresa que te garanta não cobrar taxas ou custos escondidos.

Empresas que você pode utilizar para transferências internacionais de dinheiro

 Quando se trata de pagar custos educacionais existem 3 opções que todo mundo geralmente usa:

  1. Bancos
  2. Plataforma de Pagamento da sua Instituição Educacional
  3. Serviços de Pagamento

Bancos: As pessoas o utilizam, pois geralmente são grandes marcas. No entanto, eles costumam tirar proveito disso cobrando altas taxas de câmbio e de transferência.

Plataforma de Pagamento da sua Instituição Educacional: Geralmente, as instituições de ensino informam que você pode pagar através do seu próprio portal (normalmente construído por uma grande empresa). Muita gente paga dessa forma, pois acha é obrigatório. Mas não! Você pode transferir seu dinheiro da maneira que quiser.

Serviços de Pagamento: são, basicamente, uma alternativa aos bancos em que você deposita o dinheiro e eles cuidam da transferência. Existem várias marcas por aí com bons padrões para transferências internacionais. No entanto, provavelmente, a melhor que eu já vi, especialmente para estudantes internacionais, é o Cohortpay.com.

Eu gosto do Cohortpay porque ele é projetado especificamente para estudantes. Eles garantem que não há taxas de transferências futuras ou ocultas, além das taxas de câmbio serem uma das melhores disponíveis. É super fácil carregar no site as faturas que você vai pagar e você acompanha e registra todos os seus pagamentos. O que te dá ainda mais segurança.

Concluindo, lembre-se sempre de comparar todos os elementos das suas opções para transferências internacionais e veja se o seu agente está fazendo o pagamento para você e te garantindo um bom negócio.

You Might Also Like