Vida

Sobre a espera do amor do outro lado do mundo

4 March, 2015

Alguns dizem que é fácil, que é normal ter um LDR (Long Distance Relationship), dizem as más línguas que isso faz com que o casal se aproxime mais, crie laços, e quando finalmente estiverem juntos será tudo muito melhor. Pode até ser que isso aconteça, no meu caso minha relação com a Paula (Minha Namorada) tem sido bastante proveitosa, no que diz respeito a conhecer mais a pessoa, e não ter somente aquele contato físico.

Mas, este texto serve para quem entende do que eu estou falando, não é nada fácil, as primeiras semanas são até tranquilas, as chamadas de Skype, Viber, Whatsapp e etc não são tão constantes, mas a medida que o tempo vai passando parece que nossa mente necessita daquilo que um dia deixamos do outro lado do mundo mais do que qualquer coisa, e há quem diga que não gasta seu plano de dados inteiro só com ligações no viber…

Essa semana tive uma das melhores notícias que eu poderia ter, ela está vindo! Passagem comprada, tudo certo, e eu mais ansioso do que nunca já faço todos os planos possíveis para a chegada dela finalmente. Muitas coisas me preocupam, e muitos medos também rondam a minha cabeça, mas isso é gostoso demais, uma vez que o desconhecido é sempre mais excitante do que nossa zona de conforto.

Fico feliz de poder contar com ela em tudo isso, e ter alguém do meu lado para entender minhas loucuras, besteiras e problemas do passado, pode-se dizer que sua namorada também é sua melhor amiga não pode?

Falando num geral, conversei com várias pessoas que também estão nessa, e uma delas me chamou bastante atenção em alguns aspectos e resolvi listar algumas dicas para você namorada (o) que vai ficar no Brazil (Com Z mesmo), que podem ajudar a superar um pouco essa fase tenebrosa até que fiquem juntos novamente:

1- Não haja impulsivamente

Seu namorado (a) está do outro lado do mundo, sim, está longe de você, e tudo que você pode fazer é ser o mais presente possível, e segurar aquela bronca de fazer a louca chata que manda mensagens perguntando até que é aquela garota que saiu na foto andando atrás dele na estação de trem, segure seus medos e inseguranças e tente canalizar para algo positivo.

2- Não force situações

A pessoa está fazendo um intercâmbio, não precisa forçar ciúmes nela para tentar prender de alguma forma, ela vai sair sim, vai conhecer novas pessoas, vai fazer amizades, mas nem por isso ela vai deixar te gostar de você, seja uma pessoa presente, não alguém que ela quer (mais) longe.

3- Não faça a louca do Skype

Ele (a) foi pra balada? E você quer ligar no meio disso?? Além de não ser nada fácil estar aqui, trabalho, escola, dinheiro, contas e etc, as pessoas precisam se divertir também, e justo nesse momento você vai querer fazer a chata e cobrar que ele (a) esteja em casa falando com você? Não né?

Existem milhares de coisas que poderiam ser contadas e dicas que eu poderia dar, estas foram algumas que percebi conversando com algumas pessoas que começaram agora os relacionamentos a distância e estão super inseguras com tudo isso, a maior dica de todas é RELAXE e deixe o tempo fluir, dê apoio sempre, e faça parte da experiência, não um problema.

Tenho aprendido muito isso com a Paula, uma pessoa que me deixa seguro das coisas, é engraçado como a vida pode ser realmente mais tranquila e ter um tom de amenidade…

Tem um vídeo lá no canal falando exatamente sobre isso, já viu?

Espero que ajude alguém, deixe seu comentário abaixo e seja feliz!

Cheers guys!

You Might Also Like

  • Ana Paula Buzzo

    Amei o post, baby! <3

    • Thiago Deoti

      Obrigado Amor, é importante pra mim que você tenha gostado! Te amo gatinha S2

  • Carol Azin

    Oi thiago! Adorei o post! Há mais ou menos 9 meses estou na mesma situaçao que vocês. Leandro, meu namorado, esta em Brisbane também… E eu confirmo o que você disse. Não é fácil. Dói. A saudade as vezes foge do controle e a maioria das discussões é pela saudade ta sufocando ou por falha na comunicação. Mas a distância tem seu lado bom… A relação fica mais forte.
    Deixa eu contar um pouquinho da nossa história. Conheci o Leandro 2 meses antes dele fazer o intercâmbio de 6 meses pra AUS (detalhe ele é paulista e eu sou cearense, nos conhecemos aqui em fortaleza na época da copa, no jogo do Brasil e México). Então dai vc tira, eu e ele tínhamos certeza que não passaria de algo casual… Ele voltou pra SP, e a gente não parou de conversar, nos conhecemos melhor… E foi algo tão natural que a gente se assustava. E eu sou muito pé atrás com essas coisas, sabe? Eu tinha aquele discurso de: “relacionamento a distancia não existe, isso é pedir pra sofrer”… E quando eu vi a situação que eu estava, me assustei. Era tão surreal, a gente se dava tão bem. Uma semana antes dele viajar, ele disse que não queria viajar sem me ver, e veio passar 5 dias aqui em fortaleza comigo. Essa foi a nossa convivência. E assim como vc, eu tbm pensei que nunca daria certo que era loucura, era ridículo e infantil… Mas eu me permitir um pouco. Dia 7 de agosto de 2014 ele viajou com previsão de voltar dia 19 de janeiro. 6 meses, já que a gente não tinha nada sério eu achava que ia ser tranquilo… 1 mês foi de boas, tranquilo… A gente foi se adaptando ás 13 horas de fuso… Mas aconteceram inúmeras discussões e brigas por besteiras. Ai ele decidiu passar mais 6 meses. De primeira eu me irritei um pouco… Já tava difícil e cansativo com 2 meses… Imagine com um ano?! Além disso é meio frustrante vc conhecer alguém que te entende, que a conversa é boa, que tem os mesmos pensamentos que você, que a companhia é agradável; e você não ter a chance de saber se daria certo ou não… A Ele ja quis abrir mão e eu tbm, teve um tempo que a gente se distanciou, a gente deixou o relacionamento virar um peso… mas logo eu percebi o quanto ele precisava desse tempo pra se descobrir, pra ficar fluente no inglês, eu entendi que ele precisava viver aquilo e nesse momento a AUS é o melhor pra ele… Me coloquei no lugar dele. E ele se colocou no meu.
    O segredo é não esconder nada um do outro. É confiar. Relacionamento a distancia é se jogar de olhos fechados acreditando que vai ser pegue lá em baixo. Confiança é tudo. Tudo… Não só no quesito de fidelidade… Mas confiar nos sentimentos do outro. É necessário paciência, principalmente se tiver um fuso absurdamente diferente. Qualquer relacionamento só prospera se um incentivar o outro, der apoio, se impulsionar o outro.
    Um relacionamento com qualidade é aquele que a pessoa consegue realçar o melhor do outro… Onde ambos crescem juntos. Relacionamento a distancia não é diferente… É necessário incentivar, motivar, dizer pra ele sair e curtir, aproveitar… É o que eu mais quero… Que ele explore tudo, que ele se encontre, espero que essa experiência seja incrível pra ele e não será eu que a tornará ruim. Hoje o meu pensamento é esse… Mas a gente demorou pra entender isso e fazer dar certo. A distância aproxima as pessoas que se amam e estão dispostas a enfrentar certos obstáculos pra estar com o outro.
    A gente se entende, se conhece, somos companheiros… Nada é melhor que isso.
    Ele volta em junho e eu vou passar uma boa parte das férias em sp! Haha
    Enfim, desejo tudo de mais lindo pra você e pra Paula! Eu a acompanho faz um tempo e nunca a vi tão bem… A áurea dela, a timidez… Tudo mudou e pra melhor.
    O único objetivo do comentário é compartilhar experiências e mostrar a vocês e a todos que é possível sim um relacionamento a distância, se ambos estiverem dispostos, se não for um fardo e se existir amor.
    Beijos! E boa sorte!

    • Thiago Deoti

      Foi o que aconteceu com a Paula, nos conhecemos aqui, vivemos coisas maravilhosas e eu achei que não ia continuar, mas nos apaixonamos e tentamos levar da melhor forma possível, agora ela está vindo pra ca também e acredito que será meu melhor tempo por aqui! Desejo toda a sorte do mundo pra voce e o Leandro, quem sabe não esbarro com ele por aqui né?? hahaha

      Valeu por acompanhar, beijos!!

  • Guest

    Oii, Thiago! Encontrei seu blog através da Paula e adorei! Adorei ainda mais saber que tem mais gente nessa mesma situação. Estou vivendo um relacionamento à distância há 9 meses também, já que meu namorado está fazendo intercâmbio de 14 meses no Canadá (um pouco mais perto, né).
    Realmente se trata de algo muito complicado, ainda mais quando a saudade bate forte e a vontade de largar tudo surge. Contudo, acredito que se tem amor, vale a pena. Esse tempo longe serve para ambos descobrirem o que sentem um pelo outro de verdade e para deixar a relação ainda mais forte.
    Tenho certeza que a sensação de reencontrar a pessoa amada depois de tanto tempo é uma das melhores do universo.
    Desejo a vocês dois tudo de melhor e sorte nessa dura jornada!! E parabéns pelo blog!!

  • http://outrablogueira.blogspot.com.br/ Beatriz Milanez

    Oii, Thiago! Encontrei seu blog através da Paula e adorei! Adorei ainda mais saber que tem mais gente nessa mesma situação. Estou vivendo um relacionamento à distância há 9 meses também, já que meu namorado está fazendo intercâmbio de 14 meses no Canadá (um pouco mais perto, né).
    Realmente se trata de algo muito complicado, ainda mais quando a saudade bate forte e a vontade de largar tudo surge. Contudo, acredito que se tem amor, vale a pena. Esse tempo longe serve para ambos descobrirem o que sentem um pelo outro de verdade e para deixar a relação ainda mais forte.
    Tenho certeza que a sensação de reencontrar a pessoa amada depois de tanto tempo é uma das melhores do universo.
    Desejo a vocês dois tudo de melhor e sorte nessa dura jornada!! E parabéns pelo blog!!!

    • Thiago Deoti

      Exatamente, a gente tem que aprender a lidar com a situação né? Eu como sou extremamente carente, fica difícil 2x mais! kkk Mas sim, ver a Paula depois de um tempo foi muito bom, e vai ser melhor ainda quando ela chegar!

      Obg por acompanhar, beijos!!

  • Gabriela P

    Só quem já ficou longe de quem ama sabe como é foda. Vocês são ótimos juntos, espero de verdade que sejam muito felizes!

  • Cristopher

    Resumidamente , Não da certo ..

    • Thiago Deoti

      Olha, pra mim até deu, minha namorada voltou e estamos vivvendo juntos, por enquanto tudo ótimo!

  • Luciane Barbosa

    Resumidamente. Depende do casal. Pra mim deu certo <3